Foto: Custódio Coimbra


O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 3ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Capital, obteve na Justiça liminar favorável à ação civil pública (ACP) ajuizada no último dia 18 de janeiro.
A juíza Maria Teresa Pontes Gazineu, da 16ª Vara de Fazenda Pública do Estado do Rio de Janeiro concedeu liminar impedindo que o governo do estado cobre a Guia de Recolhimento de Taxas (GRT), junto aos motoristas. Ao mesmo tempo, a juíza também determina que não  haja cobrança, por parte do Detran/RJ, da autodeclaração que consta da Lei Estadual 8.269, sancionada ano passado e direcionada aos proprietários de veículos automotores.
No parecer dado pela titular da 16ª Vara de Fazenda Pública do Estado, o cidadão comum não possui condições técnicas capazes de realizar uma avaliação correta do estado do veículo. A Guia de Recolhimento de Taxas possui valor estipulado em R$ 202,55 e nela constam as taxas de licenciamento  e de emissão de CRLV.

Fonte: Extra

Postar um comentário:

0 comments:

Obrigado Por Participar!

Notícias | Lives | Colunas | Estreito laço com leitores, colaboradores e anunciantes! Campos dos Goytacazes, Baixada Campista e Região. Jornal Notícias em Foco “JNF – Jornalismo Inovador! Foco, Ética e Verdade."

| Fique Por Dentro |

| Notícia em Destaque |

De olho na agricultura e à produção agropecuária

CIDEENF: Campos e região conhecem programas da Conab A apresentação aconteceu no auditório da prefeitura. Na ocasião, foram apresentados ...

| Veja Também |

Tecnologia do Blogger.