Vice-presidente quer convívio democrático com a Venezuela

Hamilton Mourão, disse nesta segunda-feira (25), na Colômbia, que o governo brasileiro acredita em uma solução sem “medida extrema”


Mourão participou nesta segunda (25), em Bogotá, de uma reunião do Grupo de Lima que discute soluções para a crise. O Vice- presidente da República, Hamilton Mourão, disse nesta segunda-feira (25), na Colômbia, que o governo brasileiro acredita em uma solução sem “medida extrema”. Mourão deu a declaração durante seu pronunciamento no encontro do Grupo de Lima realizado em Bogotá. Além de Mourão estava presente o Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.

O Vice – presidente ressaltou ainda que, no contexto atual, o governo brasileiro reconhece que a Venezuela “Não vai conseguir se livrar sozinha so regime Maduro”. Mourão ainda ponderou que a comunidade internacional deve avaliar a imposição de ainda mais sanções contra o regime chavista. E sugeriu pressão sobre Caracas por parte da ONU-Nações Unidas e a OEA-Organização dos Estados Americanos.

O grupo de Lima foi criado, em 2017, por iniciativa do governo peruano para pressionar Maduro. Além de Brasil e Peru, mais 11 países integram o grupo: Argentina, Canadá, Colômbia, Costa Rica, Chile, Guatemala, Guiana, Honduras, México, Panamá e Paraguai.

Por: Mírian Vieira

Postar um comentário:

0 comments:

Obrigado Por Participar!

Notícias | Lives | Colunas | Estreito laço com leitores, colaboradores e anunciantes! Campos dos Goytacazes, Baixada Campista e Região. Jornal Notícias em Foco “JNF – Jornalismo Inovador! Foco, Ética e Verdade."

| Fique Por Dentro |

| Notícia em Destaque |

De olho na agricultura e à produção agropecuária

CIDEENF: Campos e região conhecem programas da Conab A apresentação aconteceu no auditório da prefeitura. Na ocasião, foram apresentados ...

| Veja Também |

Tecnologia do Blogger.