Presos dois homens pelas execuções de Marielle Franco e Anderson Gomes

As investigações concluíram, por meio de diversas provas, que um foi o autor dos crimes, tendo efetuado os disparos de arma de fogo e on segundo preso condutor do Cobalt utilizado para a crime.


 As diversas provas, deram base para que as investigações fossem  concluídas, e apontasse que um foi o autor dos crimes, tendo efetuado os disparos de arma de fogo e on segundo preso condutor do Cobalt utilizado para a crime. O crime foi executado no dia 14 de março de 2018, no Estácio, região central da cidade. 
 O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, por meio do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e a Polícia Civil, prenderam nesta terça-feira (12), Ronnie Lessa e Elcio Vieira de Queiroz, denunciados pelos assassinatos qualificados de Marielle Franco e Anderson Gomes e tentativa de homicídio de Fernanda Chaves.As prisões ocorreram às 4h desta madrugada na Operação Lume, feita nas residências dos denunciados.
 De acordo com a denúncia, as investigações concluíram, por meio de diversas provas, que Lessa foi o autor dos crimes, tendo efetuado os tiros de arma de fogo, com a participação de Elcio, que estaria conduzindr o veículo Cobalt utilizado para a execução. Ronnie Lessa é policial militar reformado. Elcio foi policial militar, mas acabou expulso da corporação.
Para os promotores do Gaeco, a ação foi meticulosamente planejada durante os três meses que antecederam o atentado. Durante esta terça a operação se estende até que se cumpre mandados de busca e apreensão nos endereços dos denunciados para apreender documentos, telefones celulares, notebooks, computadores, armas, acessórios, munições e outros objetos.
além de mandados de busca e apreensão o Gaeco pediu a suspensão da remuneração e do porte de arma de fogo de Lessa. Também foi requerida a indenização por danos morais aos familiares das vítimas e a fixação de pensão em favor do filho menor de Anderson, até completar 24 anos de idade.


Os assassinatos da vereadora do Rio de Janeiro pelo PSOL e do seu motorista Anderson Gomes foi um crime executado no dia 14 de março de 2018, no Estácio, região central da cidade. Os criminosos estavam em um carro que emparelhou com o da vereadora e efetuaram vários disparos, que também mataram o motorista. Embora em fase inicial, a investigação conduzida pelas autoridades aponta para motivações políticas.

Postar um comentário:

0 comments:

Obrigado Por Participar!

Notícias | Lives | Colunas | Estreito laço com leitores, colaboradores e anunciantes! Campos dos Goytacazes, Baixada Campista e Região. Jornal Notícias em Foco “JNF – Jornalismo Inovador! Foco, Ética e Verdade."

| Fique Por Dentro |

| Notícia em Destaque |

De olho na agricultura e à produção agropecuária

CIDEENF: Campos e região conhecem programas da Conab A apresentação aconteceu no auditório da prefeitura. Na ocasião, foram apresentados ...

| Veja Também |

Tecnologia do Blogger.